Assertividade tem a ver com autoconhecimento

Assertividade tem a ver com autoconhecimento

Saber exatamente o que desejamos para traçar objetivos claros e concretos é a melhor forma de evoluir. Mas, como entender quais são as nossas metas, se não nos conhecemos?

Você sabia que assertividade tem a ver com autoconhecimento? Vou explicar: quando nos conhecermos, temos a real medida dos nossos desejos, daquilo que nos move e do que realmente nos faz feliz. Dessa forma, conseguimos traçar objetivos que são condizentes e que nos dão energia suficiente para correr atrás dos nossos sonhos. É muito mais fácil trabalhar quando sabemos o que vamos conquistar! Porém, muitas pessoas que chegam aqui no consultório tem uma dificuldade grande de serem assertivas quanto a seus objetivos. Na maioria das vezes, não sabem o que realmente querem. E isso acontece porque não temos, ainda, uma cultura de autoconhecimento, de investigar quem somos, o que desejamos. Estamos, ainda, iniciantes na arte de buscar nossa essência. A Saúde Integrativa, que praticamos aqui na Biointegral, é essencial para encurtar o caminho entre quem somos e o que desejamos conquistar. Isso porque ela trabalha não apenas os sintomas do paciente, mas sua vida como um todo. É na Saúde Integrativa que descobrimos as causas reais de dores e doenças, especialmente as crônicas, encontramos traumas escondidos, crenças limitantes. Além de ser um processo de reabilitação do paciente, é uma forma de autoconhecimento importante.

Como ser mais assertivo a partir do autoconhecimento?

Quando iniciamos um processo de investigação das nossas crenças e memórias, começamos a entender porque algumas situações nos incomodam, outras nos atraem mais e o que realmente nos traz alegria e satisfação. Da mesma forma, entendemos como pessoas e atitudes tóxicas atuam provocando dores e doenças. Essas informações servem como um GPS que nos mostra os melhores caminhos, aqueles que são realmente condizentes com nossa essência. Sabendo o que nos faz felizes, podemos escolher com mais propriedade: carreira, casa, emprego, relacionamentos, atitudes, tudo pode ser modificado para que sejamos emocionalmente, e fisicamente, mais saudáveis. E nos tornamos mais assertivos em nossos objetivos, o que nos permite ir muito além das nossa realidade atual, e evoluir cada vez mais naquilo que realmente toca o nosso coração.

Quais são suas metas para 2019?

Quais são suas metas para 2019?

Saúde, dinheiro, alegria, quais suas metas para 2019? A gente garante que elas só serão atingidas se você mudar a sua forma de agir. Quer resultados diferentes? Pois faça diferente!

Tudo que desejamos é possível, contato que empenhemos nosso esforço em busca das mudanças necessárias para que nossos desejos se realizem. Quer um dia a dia mais produtivo? Então, vamos mudar seu planejamento, sua agenda e, principalmente, suas crenças sobre o que é ou não produtivo e o que é possível mudar na sua rotina! Como? Encontrando essas crenças e ressignificando aquelas que estiverem limitando sua vida. Veja um passo a passo que pode guiar você nessa mudança:
  1. Faça uma análise do ano que está terminando: quais metas você conseguiu atingir? Quais ficaram para trás? Essa visão é muito importante para chegar ao passo 2: buscar suas limitações.
  2. O que te impediu de atingir as metas do ano? Que fatos e emoções estão ligados a essa realidade? Conhecer o que nos move ou paralisa é importante para que possamos entrar em um novo momento.
  3. Agora, respire fundo e vamos lá: o que você deseja conquistar em 2019? O que deseja fazer diferente no ano que vai começar? Deixe fluir, não permita limitações nesse momento. Agora é a hora de deixar a imaginação guiar, seus desejos falarem mais alto. O que é possível, ou não, fica no passo seguinte.
  4. Separe seus desejos em materiais e emocionais. Pode ser que você queira uma casa nova, um carro novo, e para esses é possível fazer um planejamento, pesar os prós e os contras, estipular datas limite. Mas e os desejos emocionais? Pode ser que você queira ser mais assertivo, que deseje sofrer menos por antecipação. E aí, o caminho é menos concreto e, por isso, pode parecer mais difícil
Conseguiu visualizar suas metas para 2019? Agora, é hora de colocar no papel o seu plano de voo: como atingir suas metas, sejam elas materiais ou emocionais. Não espere que haja uma crise para mudar. Sempre é hora! É preciso disciplina, vontade e perseverança, mas a gente pode te ajudar nisso. Que tal agendar uma consulta conosco para entender o que está impedindo você de ser sua melhor versão? Vamos investigar suas memórias traumáticas, suas crenças limitantes e descobrir como conseguir um 2019 de muito sucesso!

Estabelecer metas reais pode ser a chave do sucesso

Estabelecer metas reais pode ser a chave do sucesso

Sabe quando nos sentimos sem rumo ou um pouco perdidos na vida, remando contra a maré? Pois estabelecer metas reais pode ser a chave do seu sucesso!

Estabelecer metas reais pode ser a chave que falta para o seu sucesso. Quantos de nós vivem seguindo “leis” familiares, crenças limitantes socialmente impostas, sentimentos guiados por traumas do passado, muitos dos quais nem lembramos mais com nossa mente consciente? E aí, cremos que não é possível ser feliz, que é preciso trabalhar demais para conseguir uma vida próspera, nos atolamos de afazeres, cursos, títulos, tudo para que possamos sentir que somos merecedores de algo mais. Criar metas reais vai muito além do que entender onde você quer chegar, é compreender o que está te impedindo de chegar no seu maior potencial. Antes de simplesmente sair pensando o que você deseja e escrevendo suas metas, eu pergunto: quem é você? Quem é realmente você, lá no fundo, sem as imposições silenciosas do seu sistema familiar, sem o medo da não aprovação, sem as crenças que você segue e nem sabe que existem? Onde você queria estar e o que desejaria ser se não tivesse que dar satisfações a ninguém? Responder a essa pergunta pode ser a chave para entender o que realmente está faltando na sua vida. E criar metas realmente possíveis e que falem diretamente com o seu coração a partir daí será muito mais simples.

Mas como saber quais as crenças silenciosas que me movem?

É exatamente por isso que a gente trabalha com alguns processos que investigam as memórias gravadas no corpo e na mente, e as crenças que existem e nem temos ideia de quais são. Ao descobrir esse sistema interior que nos guia sem que tenhamos controle, especialmente para pessoas que não estão em nenhum tipo de trabalho de autoconhecimento, como terapias, por exemplo, um universo inteiro de possibilidades se abre. Só quando temos noção de que existem valores que “compramos” sem saber e que estão por trás de todas as nossas decisões é que conseguimos dar um basta. Quando estabelecemos metas sem conhecer o que realmente desejamos, o que acontece é: pedimos uma coisa e vibramos outra. Porque nossa vibração é real, é ela quem está em sintonia com nossos mais profundos desejos. O que colocamos no papel de forma automática, nada mais é do uma vontade de pertencer, de fazer parte de um grupo, de ser aceito, de seguir a ordem vigente. A maioria das pessoas não nasce para ser rebelde. E aí, acaba seguindo e perpetuando os paradigmas que alguém, há tempos, criou. Essa verdade pode não ser a sua, já parou para pensar? Se você quer atingir sua prosperidade máxima, seu potencial real e seu sucesso, seja lá o que essa palavra pode significar para você, comece entendendo a si mesmo, o que realmente é importante na sua vida, como você se vê sem o julgamento externo. E aí, estabeleça metas reais, possíveis, mas que sejam só suas, totalmente autorais. E é aí que você vai vibrar junto com elas. O universo responde na mesma moeda leve, verdadeira e feliz!